terça-feira, 30 de junho de 2015

Fanfic/ Edward e Bella

Escrevendo...

Isabella Swan olhou a folha em branco diante dela.

__Não deve ser tão difícil assim... – resmungou ela.

HÁ uma hora atrás ela e Emmeet haviam feito uma aposta. Seu cunhado havia lhe desafiado a escrever uma história de si mesma.

Ela havia aceitado sem pensar, estava entediada...
Sua pequena Renesme estava passeando com Jacob. E Edward estava casando.

Inicialmente Bella pensou que seria fácil, mas naquele momento, com o papel em branco a sua frente e a caneta nas suas mãos nada lhe vinha a mente.

Bella começou a escrever:

“Era uma vez...”

Ela rabiscou as palavras.
Era uma vez era tão clichê...

“Em um belo dia...” – tentou ela novamente.

Novamente ela rabiscou as palavras.

Bella escreveu, e escreveu... e logo em seguida rabiscou tudo o que escreveu.
Quem ela estava enganando? Nunca ganharia uma aposta daquelas.
Como ela havia imaginado que ganharia.

__Isso esta um lixo! – ela resmungou olhando a ultima folha escrita a sua frente.

__O que é um lixo? – Edward perguntou entrando no quarto.

Bella tentou esconder a folha de papel do marido, mas antes que seus dedos tocassem-na  Edward já à lia de forma atenta.

Ela esperou impacientemente, sentindo que sua bochechas estariam queimando de vergonha se não fosse uma vampira. Era humilhante ter Edward lendo suas bobagens.

Ele levantou seus olhos, olhando para sua linda esposa.

__Diga Edward, isso esta horrível... – Edward sorriu, acariciando a face da esposa.
__Não querida. Esta muito bom na verdade – ele riu – espero ler a continuação...

Edward se inclinou e beijou Bella, saindo do quarto logo em seguida.

Bella leu outra vez o que havia escrito. Ela amassou a folha de papel e jogou no lixo.
Edward podia até ser um bom mentiroso, mas ela ainda não era estúpida.

Afinal, que leria uma história sobre uma Humana desastrada que se apaixonava por um vampiro maravilhoso, e que era aceita por sua família de vampiros?

Certamente não era o tipo de história que alguém leria.


Bella decidiu então que diria a Emmeet que não havia conseguido escrever, era melhor admitir a derrota que sofrer a humilhação de ter algo tão tolo lido por seu cunhado. Ele provavelmente a infernizaria por séculos.

Minha Fanfic/ Twilight/ Jacob e Renesme

Comporte-se Renesme

Eu estava em minha casa sozinho, tentando dormir depois de uma ronda noturna – algo com o qual eu havia me acostumado.
Deitei-me em minha cama, relaxando imediatamente.

Meus olhos rapidamente se tornaram pesados.

__Você já vai dormir? -  uma voz familiar me despertou.

Abri meus olhos lentamente. E lá estava ela...
Lindos olhos castanho chocolate, cabelos castanhos avermelhado e aquele corpo... Aquele lindo corpo escultural.
Ela me deixava louco. Aquela menina não podia ter só três anos, não mesmo.

É claro que o corpo era de uma garota de 16/17 anos, mas ainda assim, era horrível pra mim.

__Nessie. – sorri me levantando.

Ela pulou, se encaixando em meus braços.

__Oh Jake senti sua falta. Essas rondas te mantém longe de mim. – resmungou ela dengosa.
__Não fique assim... – beijei suas bochechas. – Essa é minha obrigação... Não posso fugir disso.
__Pode fugir às vezes. – sorriu ela.

Eu a afastei.

__Renesme. – tentei soar responsável e adulto. – Seus pais sabem que você saiu de casa no meio da noite?

Ela deu de ombros despreocupadamente.

__Todos estavam ocupados demais para prestarem atenção em mim. – ela me lançou um olhar malicioso e sorriu. – Então, eu vim te ver.
__isso vai deixar seu pai uma fera. – resmunguei irritado.

Não queria nenhum sanguessuga no meu pé, que dirá o Edward. Ele andava fazendo o maior jogo duro comigo.
__Meu pai nem vai notar que eu não estou em casa. – disse ela esticando os braços na minha direção.

Era difícil resistir a Nessie, muito mais se ela vinha toda dengosa pro meu lado.
Eu a abracei, sentindo seu cheirinho de roupa limpa, misturado ao seu perfume. Uma essência provocante pra idade dela.

“Jacob se controla.” – me ordenei mentalmente.

__Jake. – ela sussurrou quase inaudivelmente.
__O que? – perguntei, sentindo que meus sentidos se agitavam.
__Me beija.

Renesme se afastou, me encarando com seus lindos olhinhos brilhantes. Não que eu não quisesse beijá-la, ao contrario, eu queria MUITO beija-la, mas... Havia tanta coisa envolvida... tanta...

__Renesme, não posso... – quase gemi de frustração.
__Por quê? – ela disse com seus olhos implorando para mim.
__Você-você... você ainda não, não pode... Não podemos. – terminei de dizer a contra gosto.

Renesme baixou os olhos, pequenas lágrimas se formando em seus olhos.

__Não chore, por favor, não chore. – implorei secando suas lagrimas que nem haviam caído.

Ela soluçou, afastando minha mão e se levantando.

__Você sempre faz isso comigo! – ela me acusou entre lágrimas.
__Renesme. Não faz isso... – implorei próximo ao desespero.
__Eu gosto de você Jake. Gosto muito... Por que sempre me rejeita? Você não gosta de mim?

Eu segurei seu lindo rosto entre minhas mãos.

__Eu gosto, não... – me corrigi imediatamente. – Eu amo você. Mas, nos... Renesme você precisa crescer.

Renesme me encarou por alguns instantes, seus olhos mudando do brilho choroso para a raiva insana. Não sei se ela planejou ou não, mas o golpe que levei não foi nada amigável.
Em um minuto estava diante dela, e no minuto seguinte estava do outro lado do quarto.

Nessie correu em direção a floresta e eu tive que me esforçar para segui-la na minha forma humana. Não podia me tornar um lobo, se seu acabasse nu na frente de Renesme seria fatiado pela Loira e por Edward, na certa.
Quando finalmente consegui alcança-la me joguei sobre ela, provocando uma queda bem insana. Eu e Nessie rolamos pelas folhas e galhos, se não fossemos sobrenaturais estaríamos no mínimo com alguns ossos quebrados.
Ela se debateu tentando fugir de mim segurei seus pulsos com delicadeza.

__Nessie! Nessie! Para! – pedi irritado.
__Você me chamou de criança! – ela berrou furiosa.
__Não chamei... eu só... eu só... Mas que Droga para de debater! – gritei furioso.

Ela me obedeceu, mas me lançou um olhar tão mordaz, que por alguns instantes imaginei que ela seria uma coisinha assustadora se desejasse.

__Renesme não disse que você é criança, eu só disse que Precisa crescer... – eu ri um tanto nervoso. – Eu sei que parece difícil agora, mas, você não esta pronta.
__E quando estarei? – ela perguntou irritada. – daqui a uns 500 anos?
__Não, eu não sei...

Renesme virou o rosto. Eu sabia que ela estava muito brava naquele momento.
Aquela conversa não deveria mais ser evitada, deveria acontecer de uma vez.

__Renesme, não é nada fácil para mim. Você só tem três anos, e apesar de se parecer com uma garota de 16 ou 17 – sorri sem convicção – você ainda não esta pronta... Talvez eu também não esteja... A questão é que apesar de amá-la muito, não tenho direito de tirar suas escolhas. Nessie, você tem o direito de se apaixonar por qualquer um, tem muita coisa a viver.

Eu sabia que se fizesse as coisas do jeito dela, Renesme nunca teria a chance conhecer outra pessoa, ter outra perspectiva.

__E que disse a você que eu quero outro Cara. – disse ela.

Meus olhos encontraram os dela, sua expressão se suavizara e estava próxima ao meu sorriso predileto.

__Renesme... – tentei intervir, antes de me animar demais.
__Psiu! – ela ordenou com dedos sobre meus lábios, sorrindo.  – Feche essa boca Jacob Black...

Nos encaramos longamente antes que ela me beijasse, não posso dizer que resisti, pois a idéia nem me passou pela cabeça.

__Comporte-se Renesme. – murmurei contra os lábios dela.
__Nem pensar. 

Ela disse sorrindo, voltando a me beijar.


                  

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Oportunidade de lançar seu livro:

Pessoas Boa Tarde, to passando aqui para anunciar a vocês uma oportunidade de lançar seu livro. Para todos aqueles que quiserem mais detalhes entrem em contato comigo no meu email: jessica.16@hotmail.com

sábado, 27 de junho de 2015

domingo, 21 de junho de 2015

Vamos falar serio

Está semana me deparei com algumas coisas, que para dizer o mínimo, me deixaram super chateada. Não é incomum que as pessoas discutam em vídeos e redes sociais por aí, e nunca me dei ao trabalho de parar para ver brigas virtuais, mas, ultimamente tenho achado que algumas pessoas estão passando de todos os limites.
Vamos falar do que mais me deixou furiosa, e como não dizer decepcionada com certas pessoas.
Eu, como escritora iniciante, e que serei lançada daqui a dois meses fico muito chateada e para baixo ao ouvir certos comentários ofensivos que andam rolando por aí. 
Como escritora eu tenho a obrigação de saber usar as palavras, mas, não é minha obrigação ser uma  gramática ambulante. Eu preciso saber as regras básicas de ortografia e gramática, concordo. Porém, eu não preciso ser perfeita, caso fosse, os revisores textuais não teriam motivos para existir.
Um livro antes de ser lançado passa pelas mãos de um revisor, é ele que vai garantir que seu livro não tenha erros. Infelizmente, alguns erros acabam passando, uma vez que nós pobres mortais, somos sujeitos aos erros.
Não eu não acho que esses erros devam ser parte do serviço, devam ser aceitos, mas, eles existem. Contudo, um escritor não deve ser crucificado por isso.
Então, vocês que são peritos em ver os erros alheios, que são os donos de toda a verdade e que acham que alguém não deve ser escritor, pois erros de revisão foram encontrados no livro dele(a). Eu lhes pergunto: "Vocês são professores de português" "São profissionais da revisão" "Possuem mais do que um olhar apurado a enxergar os erros dos outros?"
Pois bem, atirem a primeira pedra caso nunca tenham errado.
Não serão essas pessoas que dirão para mim se meu livro é bom ou não, somente os leitores tem esse direito.
Nenhum autor deve se deixar levar por isso, essas pessoas, que em suas maioria um dia já estiveram no inicio dessa jornada se esquecem de que o começo não é fácil. Nenhum começo é fácil.
Aqui vai uma dica para você escritor não se preocupe como o que dirão sobre seu livro, as criticas, os invejosos e "Famosinhos" cheios de conhecimento e prepotência continuaram existindo.
Se esses é seu sonho, tornar-se um escritor, vá em frente. E não se deixe levar pela opinião alheia. Afinal, o mundo precisa sim de seu livro.
Acredite, e seu sonho se tornará realidade. E para aqueles que já tem seu livro publicado, não se magoe com comentários ofensivos que gente sem noção. Somos todos humanos, e estamos sujeitos ao erros, e a nobreza de pedir desculpas é para poucos.
Apenas confie em si mesmo, e nada nem ninguém poderá destruir seu sonho.


sábado, 20 de junho de 2015

Novidades

Caso tudo dê certo vou começar a fazer postagens semanais sobre literatura. Como escrever, como criar, como estruturar personagens. Enfim, dicas de leitura, escrita e sobre autores da literatura que eu gosto e que possam gostar. Também vou comentar, e se necessário, criticar outros que falam sobre a literatura. Muitas outras coisas. Bjus.


sexta-feira, 19 de junho de 2015

Minha Fanpage

Galera curte lá minha Fanpage lá no Face:
Saga Audax

Minha Capa

Minha capa Linda gente, a arte é de Barbara Dameto.


Meu Livro, BookTrailer e outras coisas

Olá para todo mundo. Esse é um post que vai contar um pouquinho sobre como meu sonho finalmente se tornou realidade.
Primeiramente depois de três anos escrevendo minha história, que inicialmente era um único livro, que se tornou uma saga. No final do ano passado (2014) eu finalizei minha história, e comecei a mandá-lo para várias editoras, que em sua maioria nem se deu ao trabalho de me responder, com um educado "Não estamos interessados". Mas, depois de quase quatro meses de uma espera agoniante por alguma resposta, mesmo uma que fosse negativa, eu tive a melhor noticia que um escritor pode ter.
Fui convidada a participar de um novo projeto da Editora, a editora em questão é a Tribo das Letras, que lança este ano um novo selo chamado Métrica, pelo qual eu serei lançada este ano.
Meu Livro Incipiens, primeiro volume da Saga Audax. Será lançado na Bienal do livro, dia sete de setembro. Então todos que quiserem participar dessa realização, e da concretização de um sonho.
Obrigada a todos que proporcionaram esse momento maravilhoso que estou passando.
Postarei todas as novidades referentes a esse projeto e outros aqui.
Então, curtam agora meu BookTrailer. Bjus.

BookTrailer